Depressão

Depressão

Eu te vejo como a um sonho
Vejo o teu sorriso como um pintor
olha sua obra finalizada na tela
Só temo a nossa distância
Agora eu pareço compreender que só posso desejar
que estejas bem
Que a vida seja gentil para ti
Só não me peça para estar ao teu lado
Que não posso
Não consigo
Hoje eu tenho que partir a minha face
Hoje eu tenho que deixar isso tudo
Já não posso olhar para a escuridão sem simpatia
Quando eu te encontrei eu me permiti novamente acreditar
Não me peça para ser coerente
que eu já não quero caminhar

2 de outubro de 2007

josi vice yellow

Poema

A gente nunca mais vai ser igual

E pensar que a gente sentia tanta força
que parecia que a vontade ia dilacerar nossos corpos
para se tornar realidade
E pensar que a gente tinha tanta fé
que poderíamos até voar se quiséssemos
E pensar que a gente já se criticou tantas vezes
e sempre a gente se abraçava depois
Sem precisar de palavras
A gente nunca mais vai ser igual
Nunca mais os mesmos
Eu poderia não me importar com isso
Mas eu me importo
Eu quero que não haja mais lágrimas
Porém eu só preciso chorar
Nem sequer consigo escrever uma linha de poesia
Mas é que a gente nunca mais…
(2 de outubro de 2007)