Da cabeça que pende

Da cabeça que pende

 

 

Uma máquina para poder dizer na página nua

Um pouco da tua beleza rara de terráquea

Tu que és a doce amante que meu sono busca

Um pouco de ócio, ópio e volúpia

Para minha mente pouco lúcida

Procurando uma margem púbica onde descansar a cabeça

que pende

pende

Josi Vice

Um pensamento sobre “Da cabeça que pende

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s