Escrita intuitiva

-Faz tempo que eu não penso em escrever do jeito que pensei esses dois últimos dias, tipo parece que não tenho nada mesmo na cabeça, mas quero usá-la.
Eu quero um pouco de fumaça, cigarro.
Mas parece que a vontade não é tanta como antes.
Eu lembro que quando eu estava no centro, no meio da rua, fumando um pouco daquele cigarro de maconha e não deu nenhum barato em mim eu só fiquei eufórico, não por efeito, mas pela atitude.
Pô, fumar maconha no meio da rua, ainda parecia algo heróico, mas depois que eu fumei mais de mil vezes, e depois que você cheira, sinceramente vira uma merda.
Uma piada.
Maconha é coisa do passado.
Minha cabeça não é terra. Não preciso de adubo para fertilizar minhas idéias, mas pode fumar pô, relaxa.

-Muito careta esse papo. Mas beleza. Você com seu cigarro e eu com minha erva.

Josi Vice

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s