Recife

Recife

Terra onde nasci
Cantar a minha terra
Como um bom poeta deve fazer
Não tenho rimas precisas
Mas tenho aquele vislumbre
Aquela coisa de respirar fundo junto aos rios
Sim, rios sujos
Mas eu amo a maré
Eu amo a maresia
O mangue
Os caranguejos
Os arrecifes que dão nome à minha cidade
Cidade de prédios, rios, pontes, becos e gente
Gente que maltrata a cidade
Gente que se maltrata
Gente que polui
Gente que ama o Recife
Veneza Brasileira
Chico Science e Capiba
Parabéns

Um pensamento sobre “Recife

  1. megson disse:

    a che muito bom esse poema

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s