Renato Russo

Renato Manfredini Júnior (Rio de Janeiro, 27 de março de 1960 — Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1996), mais conhecido como Renato Russo, foi um cantor, compositor e músico brasileiro, membro da banda Legião Urbana.

É considerado um dos grandes compositores do rock brasileiro. Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico (1978), a qual perdurou durante quatro anos, e terminou devido às constantes brigas que haviam entre ele e o baterista Fê Lemos. Renato herdou desta banda uma forte influência punk que influenciou toda a sua carreira. Nessa mesma época, aos 18 anos assumiu para a sua mãe que era bissexual, em 1988 publicamente.

Alguns anos mais tarde, em 1982, integrou a banda Legião Urbana. Nesta nova banda desenvolveu um estilo mais próximo ao pop e ao rock do que ao punk. Russo permaneceu na Legião Urbana até sua morte, em 11 de outubro de 1996.

Gravou ainda três discos solo e cantou ao lado de Herbert Vianna, Cássia Eller, Paulo Ricardo, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro e 14 Bis.

Até os seis anos de idade, Renato sempre viveu no Rio de Janeiro junto com sua família. Começou a estudar cedo no Colégio Olavo Bilac, ainda no Rio. Nessa época teria escrito uma bela redação chamada “Casa velha, em ruínas…”, que nunca foi divulgada na integra.

Em 1967, mudou-se com sua família para Nova Iorque pois seu pai, funcionário do Banco do Brasil, fora transferido para agência do banco naquela cidade, onde foi introduzido à língua e cultura norte-americana.

Aos nove anos, em 1969, Renato e sua família voltam para o Brasil, indo morar numa casa na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

Em 1973 a família trocou o Rio de Janeiro por Brasília, passando a morar na Asa Sul. Em 1975, aos quinze anos, Renato começou a atravessar uma das fases mais difíceis e curiosas de sua vida quando fora diagnosticado como portador da epifisiólise, uma doença óssea. Ao saber do resultado, os médicos submeteram-no a uma cirurgia para implantação de três pinos de platina na bacia. Renato sofreu duramente a enfermidade, tendo que ficar seis meses na cama, quase sem movimentos.

Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico, ao lado de Felipe Lemos e André Pretorius. Não durou muito, terminando por brigas entre Felipe e Renato. O Aborto foi a semente que deu origem à Legião Urbana, ao Plebe Rude e ao Capital Inicial, liderado por Dinho Ouro-Preto.

Renato Russo atingiu o auge de sua carreira como músico à frente da Banda Legião Urbana, sendo compositor de praticamente todas as letras. Foi na Legião Urbana que Renato passou a ser reconhecido como um dos maiores poetas do rock brasileiro, ele próprio temia a relação que foi criada com os fãs, alguns tinham verdadeira adoração pela sua figura. Os fãs Faziam trocadilhos com o nome da banda, “Religião Urbana”/Legião Urbana, Renato desprezava essa troca. A banda se desfez com a morte do músico (onze dias após sua morte, Dado e Bonfá decidiram parar a banda). Durante todo o tempo na Legião, estima-se que a banda tenha vendido cerca de 15 milhões de discos no país, além de continuar vendendo até hoje, há mais de uma década após sua morte.

Renato Russo morreu no dia 11 de outubro de 1996,em conseqüência de complicações causadas pela Aids (era soropositivo desde 1990), mas jamais revelou publicamente sua doença. Seu corpo foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de Roberto Burle Marx.

Durante sua carreira teve quatro livros publicados e, após sua morte, três livros foram lançados sobre ele, sendo um deles “Conversações com Renato Russo”, que contém trechos de entrevistas mostrando o seu ponto de vista sobre o rock, a homossexualidade (incluindo a sua própria), o mundo, as drogas e a política. Do ponto de vista da análise técnica, isto é, da crítica literária (acadêmica), dois livros importantes foram lançados sobre as letras de Russo: “Depois do Fim”, de Angélica Castilho e Erica Schlude (ambas da UERJ), e, principalmente, “Poesia em Renato Russo – análise e interpretação”, de Eziel Percino (bacharel em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) e professor de Literatura Brasileira, bacharel em Teologia pelo STBI). Vale ser citado como bibliografia referencial os livros “O Trovador Solitário” e “BRock – O rock brasileiro nos anos oitenta”, ambos de Arthur Dapieve.

Discos solo

  • The Stonewall Celebration Concert (1994) – (250 mil cópias vendidas)
  • Equilíbrio Distante (1995) – (1 milhão de cópias vendidas)
  • O Último Solo (1997) (póstumo) (500 mil cópias vendidas)
  • Série Identidade: Renato Russo (2002) (coletânea)
  • Para Sempre (2002) (coletânea)
  • Presente (2003) (póstumo) (150 mil cópias vendidas)
  • O Talento de Renato Russo (2004) (coletânea)
  • Série Bis: Renato Russo – Duplo (2005) (coletânea)

Discografia com a Legião Urbana

Álbuns de estúdio

  • Legião Urbana (1985)
  • Dois (1986)
  • Que País É Este 1978/1987 (1987)
  • As Quatro Estações (1989)
  • V (1991)
  • O Descobrimento do Brasil (1993)
  • A Tempestade (ou O Livro dos Dias) (1996)
  • Uma Outra Estação (1997) (póstumo)

Coletâneas

  • Música para Acampamentos (1992) (coletânea de gravações ao vivo)
  • Mais do Mesmo (1998 ) (póstumo)

Trilhas

  • A Era Dos Halley (2007) (especial de tv gravado originalmente no ano de 1985-vários artistas-Legião Urbana participa com a faixa “O Senhor Da Guerra”) (póstumo)

Álbuns ao vivo

  • Acústico MTV Legião Urbana (1999) (gravado ao vivo em 1992) (póstumo)
  • Como É que Se Diz Eu Te Amo (2001) (gravado ao vivo em 1994 na turnê de “O Descobrimento do Brasil”) (póstumo)
  • As Quatro Estações ao Vivo (2004) (gravado ao vivo em 1990 na turnê de “As Quatro Estações”) (póstumo)

Videografia

  • Acústico MTV (1999) (gravado ao vivo em 1992) (póstumo)
  • Renato Russo Entrevistas (2006) (DVD lançado pela MTV com entrevistas guardadas durante 10 anos) (póstumo)
  • Acústico MTV Série Bis DVD+CD (2007) (gravado ao vivo em 1992) (póstumo)

Um pensamento sobre “Renato Russo

  1. Leonardo disse:

    Muito bom, sou fã do renato desde pequeno, realmente ele fez historia…
    O filho dele ainda ganha por CD’s vendidos como ele disse em uma entrevista ao fantástico a um tempo atras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s