George Orwell

George Orwell, pseudônimo de Eric Arthur Blair (Bengala, 25 de junho de 1903 – Londres, 21 de janeiro de 1950) foi um escritor britânico mais conhecido pelas suas duas obras maiores, A Revolução dos Bichos (conhecido em Portugal como O Triunfo dos Porcos) e 1984. Poucas pessoas, mesmo entre as que lhe eram próximas, conheciam o seu verdadeiro nome, de tal forma o pseudônimo se tornou a sua segunda natureza. A adoção deste “nom de plume” correspondeu a uma profunda alteração na vida e nos ideais do homem – de uma figura do sistema no Império Britânico, ele se tornará num rebelde, constantemente crítico. Morreu de tuberculose, na miséria.

Foi agente de polícia no oriente trabalhando em Mianmar. Decidiu então deixar o seu emprego após cerca de cinco anos de trabalho, por se sentir mal ao estar oprimindo um povo estrangeiro, desenvolveu então um ódio contra o imperialismo, conforme relatou brevemente em The Road to Wigan Pier (“O Caminho para o pier de Wigan”).

Regressou então ao Reino Unido, onde sua vida tomou um rumo incerto. Desempregado ou com empregos de circunstância, deixou definitivamente de ter um percurso convencional; descreveu este período difícil na obra Na Pior em Paris e Londres. Nunca fez estudos superiores.

Juntou-se à luta no POUM (Partido Operário de União Marxista), uma milícia de tendência trotskista contra Francisco Franco e seus aliados Mussolini e Hitler, na Guerra Civil Espanhola. Foi ferido no peito. Uma bala danificou-lhe as cordas vocais, saindo pelas costas, e desde então sua voz ficou ligeiramente alterada. Mais tarde escreveria o livro “Lutando na Espanha”, em que relata sua experiência na Guerra Civil Espanhola.

Obras

  • Na Pior em Paris e Londres (1933)
  • Dias na Birmânia (1934)
  • A Filha do Reverendo (1935)
  • Mantenha o Sistema (1936)
  • A Flor da Inglaterra (1936)
  • A Caminho de Wigan (1937)
  • Lutando na Espanha (1938)
  • Um Pouco de Ar, Por Favor! (1939)
  • A Revolução dos Bichos (1945)
  • 1984 (1948)

################################################3

Curiosidade:

Apesar de ter sido sempre um cético e crítico das igrejas, George Orwell está enterrado num cemitério de uma igreja medieval no interior da Inglaterra. Orwell não tinha ligações aparentes com Sutton Courtenay. A decisão de enterrá-lo ficou a cargo de um conhecido da BBC que provavelmente escolheu-o por seu o mesmo cemitério que seu pai jazia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s